//Séries//+70

“A gente não escolhe ser músico, a gente é músico”

João Donato fala de passagens importantes de sua carreira em entrevista ao +70

texto Itamar Dantas

João Donato fala de suas vivências como músico em entrevista à série +70, do Álbum Itaú Cultural. Foto: divulgação

Nascido em Rio Branco (AC) em 17 de agosto de 1934, o compositor, instrumentista e cantor João Donato revelou sua vocação musical ainda criança. Aos 11 anos de idade, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro e ainda jovem deu início à sua carreira profissional, tocando com o grupo Os Namorados e se apresentando em rádios e boates cariocas. O primeiro LP veio em 1956 sob o nome Chá Dançante  Donato e Seu Conjunto somente com interpretações instrumentais de temas de nomes como Zé Menezes, Luiz Gonzaga, Pixinguinha e Dorival Caymmi. De lá até aqui, são 30 discos e incontáveis participações em álbuns de outros artistas, arranjos e composições.

O músico esteve em São Paulo em agosto de 2013 para um um show no Sesc Pompeia, parte do festival Jazz na Fábrica. Antes da apresentação, concedeu entrevista ao Álbum. Bem disposto e com uma memória impecável, o músico, aos 79 anos de idade, lembrou de detalhes da gravação de um de seus discos clássicos, A Bad Donato, e de outros momentos marcantes de sua carreira. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Enviar comentário
  1. O homem que de(cifrou) a MPB

    Especial investiga vida e obra de Almir Chediak, o criador dos songbooks

  2. Sem raízes, pelo mundo

    Dom La Nena lança seu primeiro disco, aclamado pela crítica internacional

  3. “A MPB virou música alternativa”

    Leo Gandelman fala de seu novo disco e faz críticas ao tratamento dado à música popular

  4. “A fila virava o quarteirão para assistir à bossa nova”

    Saxofonista argentino, Hector Costita fala de sua trajetória no Brasil

  5. O Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada

    Norte-americano que trocou a guitarra pelo pandeiro, Scott Feiner fala ao Álbum

  6. “Jamais reneguei minhas raízes, eu as universalizei!”

    Ithamara Koorax fala como o sucesso no exterior prejudicou seu reconhecimento no Brasil

  7. O sotaque americano da bossa nova

    Em novo álbum, Stacey Kent apresenta novas composições em meio a clássicos bossa-novistas

  8. “Tive inveja de não ter o samba em Portugal”

    Cantora portuguesa, Sara Serpa fala de sua carreira e da segunda visita ao Brasil

  9. “Villa-Lobos gostava muito de nós”

    Os Cariocas contam um pouco de sua longa trajetória na música popular brasileira

  10. “Somos caçadores de sonhos perdidos”

    Zero Freitas conta histórias de sua coleção de 5 milhões de discos

  11. “Ouça esta nova banda, nós gostamos dela!”

    Editor inglês Stuart Stubbs fala da Loud & Quiet, revista dedicada à música alternativa

  12. Com a palavra a lenda do jazz

    Ron Carter fala com exclusividade ao Álbum sobre sua carreira, a relação com a música brasileira

  13. Muito além da bossa nova

    No centenário de nascimento do multi-instrumentista Garoto, documentário joga luz sobre a sua obra

  14. Brasil e Argentina no mesmo palco

    Carlos Villalba e Ensamble Chancho a Cuerda falam sobre o projeto Músicas del Sur

  15. Autodidata e cara de pau

    O perfil e as histórias de um dos ícones da percussão brasileira, Robertinho Silva

  16. “O sintetizador virou um parque de diversões”

    João Donato se une a nova geração de músicos e lança o disco "Donato Elétrico"

  17. “New Order e Joy Division revolucionaram!”

    O baixista inglês Peter Hook fala da herança das bandas que integrou

  18. Bossa nova no Carnegie Hall

    Em novo livro, Roberto Menescal revela bastidores da 1ª apresentação dos bossa-novistas nos EUA

  19. “O que nos faz vibrar é a música brasileira!”

    Percussionista Adriano Adewale conta sua trajetória no mercado inglês

  20. Ôctôctô do outro lado do Atlântico

    Saxofonista Luís Málaga comenta a experiência do grupo na Europa

      1. “O diferencial do Paulinho Nogueira eram os acordes”

        Ele começou sua carreira como desenhista de publicidade e, anos depois, assumiu o violão profissionalmente. Juju Nogueira recorda a trajetória do pai

      2. Sons que fizeram o som de Os Mulheres Negras

        De la Soul, Tonico e Tinoco, Hermeto Pascoal e Paulo Moura estão na lista de Mauricio Pereira e André Abujamra

      3. Fernanda Takai: “Gosto de pensar a música sem purismos!”

        Em programa de 2008, cantora analisa seu voo solo e indica Lucy and the Popsonics e Roberto Carlos

      4. O berimbau, a percussão e a voz de Naná Vasconcelos

        Playlist contempla trabalhos de autoria de Naná Vasconcelos e suas contribuições nos trabalhos de amigos

      5. Ed Lincoln, o rei dos bailes

        Playlist compila faixas de todos os álbuns do maestro do balanço

      6. Nova Orleans, jazz, blues, zydeco

        Playlist apresenta atmosfera sonora do Bourbon Street Music Club

      7. Série Instrumento: Violão

        Seleção lista interpretações de Dilermando Reis, Rosinha de Valença, Vera Brasil, Geraldo Vespar e Sebastião Tapajós

      8. Série Instrumento: Baixo

        Playlist reúne os titulares do ritmo Luizão Maia, Luiz Chaves, Liminha, Jamil Joanes e Arthur Maia

      9. Série Instrumento: Bateria

        Com os craques do ritmo João Barone, Milton Banana, Edison Machado, Zé Eduardo Nazário, Nenê e Chico Batera

      10. Série Instrumento: Piano

        Obras e interpretações de Dick Farney, Laércio de Freitas, Tania Maria, Benjamim Taubkin e Guilherme Vergueiro

      11. Almir Chediak – Songbooks (1991–1995)

        Registros dos álbuns que celebraram obras de Tom Jobim, Carlos Lyra, Dorival Caymmi, Vinicius e Ary Barroso

      12. Walter Garcia: “A interpretação do João é melancólica”

        Jornalista analisa a canção na música popular brasileira e destaca o papel de João Gilberto

      13. Almir Chediak – Songbooks (1996–2003)

        Seleção com músicas dos songbooks de Chediak demonstram pluralidade na escolha dos intérpretes

      14. Dolores Duran

        A cantora Lulina narra a trajetória de uma das precursoras da bossa nova, dona de obra pioneira ao expressar os sentimentos da mulher

      15. Almir Chediak – Produtor

        Playlist reúne faixas de álbuns produzidos pela Lumiar Discos. Com João Nogueira, Rosa Passos e João Donato

      16. Versões, sample e inspirações do Ben

        A música de Jorge Ben cantada por Dominguinhos, Skank, Les Etoiles, Racionais MCs e Emilio Santiago

      17. Hector Costita homenageia Astor Piazzolla

        Em show no Auditório Ibirapuera, músico argentino revê carreira e homenageia o renovador do tango