//Rádio//tabuleiro

Original & Inigualável

Playlist de 13 músicas reúne duplas como Marechal e Rondon, Faísca e Pinga Fogo, Polyglota e Porta-Voz

Capas de LPs das duplas Castelo e Mansão, Domyngo & Feryado, e Conde e Drácula. Foto: reprodução

Um nome original para batizar um artista ou grupo muitas vezes é fundamental para começar bem uma carreira. É um cartão de visita. No pop brasileiro, bandas como Paralamas do Sucesso, Camisa de Vênus, Roupa Nova, Kid Abelha e os Abóboras Selvagens, Flying Banana, Biquíni Cavadão, João Penca e Seus Miquinhos Amestrados e Secos & Molhados têm em comum o registro divertido e original. Musicalmente, cada um seguiu um caminho, tornando o nome um detalhe.

É a mesma coisa que acontece com duplas e trios de música caipira e sertaneja, mas talvez numa escala exponencial. Dos mais sóbrios, como Tonico e Tinoco, criado por Capitão Furtado para substituir o trivial Irmãos Perez, a Peroba e Jatobá, que não fez sucesso algum até os irmãos José Ramiro Sobrinho e Ranulfo Ramiro da Silva assumirem-se Pena Branca e Xavantinho, outros craques denotavam a unidade artística de um trabalho já no cartório: Jararaca e Ratinho, Trio Parada Dura, Milionário e José Rico, Cacique e Pajé,  Rionegro e Solimões.

>> OUÇA A PLAYLIST “VIOLAS MARRUDAS”

A lista é extensa e já ganhou diversas páginas na internet, postagens nas redes sociais e até nota no programa Fantástico, da Rede Globo. Mas nem todos conquistaram o mesmo sucesso do nome. Astral e Radiante, Canadá e Continente, Choroso e Xonado, Divisor e Consciente, Galã e Granfino, Juscelino e JK, Perito e Paquera, Faísca e Manda Brasa, Jacklane e Manda Brasa, Prefferido e Prediletto, Simpatia e Gente Fina, Diplomado e Professor, Leal e Legal, Forasteiro e Califórnia, Marlboro e Hollywood. E há ainda os contemporâneos Verão e Ventania, Azul e Azulejo e Bátima & Robson.

Para não ficar somente no exótico, o Álbum Itaú Cultural levantou uma seleção com outras duplas e trios da música do campo dos anos 1960 a 1980 que, além da alcunha original, eram donos de música com RG. São 13 faixas que passeiam pela moda de viola, valsa, guarânia e música romântica, revelando que esses grupos fizeram ou fazem parte de um circuito popular que raramente transita pelos principais veículos de comunicação.

REPERTÓRIO
01. “Última Viagem”, por Marechal e Rondon
02. “A Corrida do Ouro”, por Industrial e Fazendeiro
03. “Extensão”, por Franco e Montoro
04. “Disco Voador”, por Faísca e Pinga Fogo
05. “Minha Vez de Cantar”, por Faceiro e Fascinante
06. “Meu Sítio, Meu Paraíso”, por Domyngo & Feryado
07. “Flor da Fronteira”, por Cruzeiro, Tostão e Centavo
08. “O Corvo”, por Conde e Drácula
09. “Resto de Vida”, por Chanceler e Diplomata
10. “Coisas do Poeira”, por Castelo e Mansão
11. “A Noite do Nosso Amor”, por Atleta e Treinador
12. “Gente de Minha Terra”, por Redator e Jornalista
13.  ”Corpo Dividido”, por Polyglota e Porta-Voz

  1. Faltou música de Monetário e Financeiro.

    | Paulo Henrique

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Enviar comentário
  1. //tabuleiro

    Breno Ruiz no Auditório ibirapuera

    O pianista, compositor e cantor apresentou o lançamento de seu novo trabalho, Cantilenas Brasileiras

  2. //tabuleiro

    O som que fez o som da Héloa

    A artista indica músicas que foram importantes na criação de seu disco Eu

  3. //tabuleiro

    A música de Tom Jobim

    Playlist passa por temas compostos e interpretados por Tom Jobim, o Antônio Brasileiro

  4. //tabuleiro

    Marlui Miranda no Auditório Ibirapuera

    Apresentação aproxima a música popular das canções instrumentais e faz uma homenagem à força das composições indígenas.

  5. //tabuleiro

    Ritchie & Backtie no Auditório Ibirapuera

    Confira o áudio completo da apresentação do cantor e compositor inglês ao lado dos músicos Fabio Tagliaferri, Mario Manga e Swami Jr.

  6. //tabuleiro

    Música urbana

    Playlist reúne sons sobre a cidade tocados e cantados por diferentes artistas

  7. //tabuleiro

    Música latina

    Onze músicas latinas para requebrar

  8. //tabuleiro

    Nova Orleans, jazz, blues, zydeco

    Playlist apresenta atmosfera sonora do Bourbon Street Music Club

  9. //tabuleiro

    Los Porongas no Auditório Ibirapuera

    Grupo acriano apresentou canções de seu último álbum, Infinito Agora

  10. //tabuleiro

    O som que fez o som do Metá Metá

    Os músicos do Metá Metá - Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França - indicam, cada um, cinco músicas que lhes ensinaram liberdades novas

    1. //tabuleiro

      Breno Ruiz no Auditório ibirapuera

      O pianista, compositor e cantor apresentou o lançamento de seu novo trabalho, Cantilenas Brasileiras

    2. //tabuleiro

      O som que fez o som da Héloa

      A artista indica músicas que foram importantes na criação de seu disco Eu

    3. //tabuleiro

      A música de Tom Jobim

      Playlist passa por temas compostos e interpretados por Tom Jobim, o Antônio Brasileiro

    4. //tabuleiro

      Marlui Miranda no Auditório Ibirapuera

      Apresentação aproxima a música popular das canções instrumentais e faz uma homenagem à força das composições indígenas.

    5. //tabuleiro

      Ritchie & Backtie no Auditório Ibirapuera

      Confira o áudio completo da apresentação do cantor e compositor inglês ao lado dos músicos Fabio Tagliaferri, Mario Manga e Swami Jr.

    6. //tabuleiro

      Música urbana

      Playlist reúne sons sobre a cidade tocados e cantados por diferentes artistas

    7. //tabuleiro

      Música latina

      Onze músicas latinas para requebrar

    8. //

      A música do Bourbon Street Music Club

      Playlist traz clássicos de artistas que já passaram pelo Bourbon Street Music Club

    9. //tabuleiro

      Nova Orleans, jazz, blues, zydeco

      Playlist apresenta atmosfera sonora do Bourbon Street Music Club

    10. //tabuleiro

      Los Porongas no Auditório Ibirapuera

      Grupo acriano apresentou canções de seu último álbum, Infinito Agora

      1. //tabuleiro

        João Bosco – 40 Anos Depois

        Gravação inédita do show no Auditório Ibirapuera em que o músico mineiro canta clássicos de sua carreira

      2. //Mergulho no Escuro

        Kleiton & Kledir, Almirante, Nina Becker e Milton

        Quinto programa de Zuza Homem de Mello traz clássicos, novidades e raridades da música brasileira

      3. //tabuleiro

        Wando: samba, violão e muito mais

        O lado intérprete, violonístico e do balanço daquele que, nos anos 1980, se tornou um ícone da música 'romântica sem-vergonha'

      4. //estéreo saci

        Tom Capone

        As bandas, os discos e os prêmios do principal produtor brasileiro de música pop. Narração de Parteum

      5. //tabuleiro

        Vadico: 10 vezes com Noel

        Playlist compila as 10 músicas que o maestro compôs com Noel Rosa, como Feitio de Oração

      6. //Mergulho no Escuro

        Ouça o Mergulho no Escuro

        Programa de Zuza Homem de Mello vai de João Gilberto a Rubinho do Vale

      7. //estéreo saci

        Especial Raul Seixas

        Em três episódios, o premê Mário Manga conta a história do baiano que injetou rock no baião, xaxado e mpb

      8. //tabuleiro

        Rap carioca: o outro lado da ponte

        Seleção musical reúne MV Bill (f.), Planet Hemp, Nega Gizza, De Leve, Quinto Andar, B. Negão e outros

      9. //tabuleiro

        Especial Kuarup Disco (Parte 2)

        Segunda parte do especial sobre a gravadora carioca focaliza a música instrumental. Com Dino 7 Cordas e Raphael Rabello, Carlos Poyares e Paulo Moura

      10. //tabuleiro

        Sambas da vida

        Playlist contempla 12 composições do sambista Delcio Carvalho, morto em 2013

        1. Violas marrudas

          Ricardo Vignini sugere modas de viola de Tião Carreiro e Pardinho, Índio Cachoeira, Ivan Vilela e Renato Andrade

        2. Roberto Corrêa: “Cornélio Pires foi o primeiro a gravar música independente”

          Físico de formação e violeiro por opção conta histórias de seus discos e da música caipira

        3. Mazzaropi, crooner da roça

          Homenagem ao ator e humorista por meio das músicas de seus filmes, como as de O Vendedor de Linguiça