//seções//notas

Pixinguinha de roupa nova

Novo álbum de Hamilton de Holanda reúne visões estrangeiras da obra do chorão carioca

texto Itamar Dantas

Hamilton de Holanda (dir.) e Omar Sosa, convidado para integrar o time de “Mundo de Pixinguinha”. Foto: divulgação

Hamilton de Holanda tem muitos amigos. Em suas andanças pelo mundo, o bandolinista sempre procura parcerias para realizar novos trabalhos e, não raro, as parcerias se tornam amizades. O instrumentista resolveu trazer alguns companheiros de profissão para interpretar um dos grandes nomes da música popular instrumental brasileira: Pixinguinha (1897-1973).

O álbum se chama Mundo de Pixinguinha. Para a empreitada, Holanda convidou parceiros de peso do jazz: os estrangeiros são o trompetista Wynton Marsalis (Estados Unidos), o acordeonista Richard Galliano (França) e os pianistas Stefano Bollani (Itália), Chucho Valdés e Omar Sosa (Cuba). Do Brasil, nomes como André Mehmari (piano), Carlos Malta (sax) e Odette Ernest Dias (flauta).

Alguns dos estrangeiros ficaram impressionados ao conhecer a obra do flautista e saxofonista chorão. Chucho Valdés se emocionou ao ouvir “Lamentos”. ”Ele ficou exaltado e muito emocionado. Todos se impressionaram com a música do Pixinguinha”, conta Holanda. O bandolinista tem intimidade com esse repertório. Desde o início dos seus estudos, já procurava as músicas do mestre do choro para ampliar suas técnicas no instrumento. “Das dez primeiras músicas que aprendi, cinco eram dele”, conta.

>> OUÇA O ESPECIAL “JACOB DO BANDOLIM”

A obra foi preparada com esmero. As gravações se deram nos países de origem de seus convidados e depois a masterização e mixagem foram feitas no Brasil. Hamilton de Holanda confessa nervosismo na hora de registrar as gravações, mas, avaliando o resultado final, garante que ficou satisfeito. “Nesta semana ouvi de novo o disco, tive uma boa impressão. Diante do Galliano, um cara que tem uma história imensa na música francesa, eu pensava: ‘Isso tem que ser maravilhoso!’. Quero, daqui a 20 anos, ouvir e gostar também. Eu me lembro de quando comecei a tocar e meu pai dizia que tocando um instrumento eu faria grandes amigos. Isso é a base de um trabalho como este”, garante Holanda.

O disco vem de uma conversa entre Holanda, Lu Araújo e Marcos Portinari durante a exposição Pixinguinha, que ocupou o CCBB de Brasília em 2012. A mostra teve a curadoria de Lu, que passou à produção do álbum com Marcos Portinari. Em paralelo a este lançamento, o artista lança o disco Trio, acompanhado por André Vasconcellos (contrabaixo acústico) e Thiago da Serrinha (percussão). Nesse trabalho, temas de sua autoria e a visita à música de Chico Buarque, João Bosco e Baden Powell.

Hamilton de Holanda apresenta o repertório de Mundo de Pixinguinha no Rio de Janeiro no dia 3 de setembro; em Belo Horizonte no dia 4; e em São Paulo no dia 8. Mais informações no site do artista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Enviar comentário
  1. “Éramos chamados de quadrados”

    Izaías do Bandolim fala do período em que o choro ficou esquecido em meio à invasão de ritmos estrangeiros

  2. “Nós fomos a resistência do choro”

    A trajetória de uma das figuras centrais do choro paulistano: Izaías do Bandolim

  3. “O mercado europeu de música instrumental acabou!”

    Clarinetista italiano, Gabriele Mirabassi comenta sua relação com a música brasileira

  4. “Ficar preso à história oficial é uma coisa perigosa”

    Livro de Amaral Júnior traz pesquisa inédita sobre a história do choro em São Paulo

  5. Ademilde Fonseca morre aos 91 anos

    Cantora era considerada a rainha do choro cantado

  6. A malícia e o jazz do choro carioca

    Em Rio, Choro, Jazz... Antonio Adolfo revisita obra de Ernesto Nazareth e lança música em sua homenagem

  7. O violino e o vibrafone

    Ricardo Herz (dir.) e Antonio Loureiro promovem encontro inusitado em disco

  8. Fora da mira dos conservadores

    Heraldo do Monte lança álbum em que a viola é protagonista do choro

  9. “A gente pode fazer muita coisa pelo mundo afora”

    Guinga e Esperanza Spalding falam do 1º show conjunto

  10. Diálogos musicais para além-mar

    Projeto Casa de Bamba reúne os pianistas André Mehmari e Mário Laginha. Confira a entrevista

    1. Mistura e Manda, por Banda Pequi

      Choro que batiza disco de 1983 de Paulo Moura ganha versão de big band pelo grupo goiano

    2. Vovô Manuel, por Banda Mantiqueira

      Música foi lançada originalmente no CD Terra Amantiquira, de 2006

    3. “Sempre quis desafiar os dogmas consolidados pelo tropicalismo!”

      Criado pelo baixista Munha, grupo de música instrumental mescla influências de Mahler, bossa nova e rock

    4. Ricardo Herz e Samuca do Acordeon

      Duo de violino e acordeom interpreta a autoral "Novos Rumos"

    5. Zé Menezes: “Tocador de violão não tinha valor nenhum”

      Músico cearense relembra a Rádio Nacional, as orquestras e Garoto

      1. Especial Jacob do Bandolim

        A carreira de um dos instrumentistas mais originais surgidos no Brasil. Por Carlos Careqa

      2. Sons que fizeram o som do Duofel

        Genesis, Los Indios Tabajaras, Pink Floyd e Baden Powell estão na lista de Luiz Bueno e Fernando Mello

      3. Hector Costita homenageia Astor Piazzolla

        Em show no Auditório Ibirapuera, músico argentino revê carreira e homenageia o renovador do tango

      4. Sem bandleader

        O rock instrumental brasileiro, de Os Incríveis a Pata de Elefante e Macaco Bong

      5. Hermeto Pascoal no Auditório Ibirapuera

        Hermeto Pascoal e Grupo realizaram apresentação recheada de improvisações

      6. A música de Paulinho da Viola pela Escola do Auditório Ibirapuera

        Cinco formações da Escola interpretaram músicas do sambista e de outros artistas brasileiros

      7. Especial Kuarup Disco (Parte 2)

        Segunda parte do especial sobre a gravadora carioca focaliza a música instrumental. Com Dino 7 Cordas e Raphael Rabello, Carlos Poyares e Paulo Moura

      8. Bocato: “Tenho um jeito meio esquisito de tocar!”

        Trombonista relembra o início da carreira, quando tocou com Elis Regina e Arrigo Barnabé, e comenta o álbum Hidrogênio

      9. Série Instrumento: Violão

        Seleção lista interpretações de Dilermando Reis, Rosinha de Valença, Vera Brasil, Geraldo Vespar e Sebastião Tapajós

      10. Série Instrumento: Baixo

        Playlist reúne os titulares do ritmo Luizão Maia, Luiz Chaves, Liminha, Jamil Joanes e Arthur Maia