//seções//notas

Alzira e Itamar, juntos de novo

Em novo álbum, cantora retoma antigas parcerias com Itamar Assumpção

texto Itamar Dantas

Alzira E e Itamar Assumpção, no Espaço Raisa, em 1989. À direita, a capa do álbum O que Vim Fazer Aqui. Foto: Luiz de Campos Jr.

Alzira E tem uma longa relação com a vida e a obra de Itamar Assumpção – eles se tornaram amigos no final dos anos 1980. Seu segundo álbum de carreira, AMME (1991), já trazia 10 das 11 composições do cantor paulista de Tietê morto em 2003. Duas delas, parceria dos dois. Passados mais de 20 anos do lançamento, Alzira revisita essas e outras músicas feitas com o Nego Dito e lança o disco O que Vim Fazer Aqui, com repertório inédito e já gravado.

“Emocionalmente eu não tinha condições de pensar em nenhum trabalho com ele”, conta Alzira. Em 1992, depois de AMME, ela e Itamar começaram a compor canções para a turnê de lançamento do disco e pretendiam ainda registrar outro álbum. A música “O que Vim Fazer Aqui”, por exemplo, foi feita para abrir o show de turnê de AMME. Já “Menos que Mal Eu Diga” teve o tema composto por Alzira com ajustes finais de Itamar. “Ele tinha essa coisa de terminar a música. Ele encarnava o personagem e terminava”, revela a cantora.

>> OUÇA A PLAYLIST “OS MALDITOS TAMBÉM SAMBAM”

Outra canção, “Chuva no Deserto”, veio de uma poesia composta pelo poeta para Alzira, que só tomou conhecimento depois da morte do músico. “Essa é muito especial. Eu fiz a música em 2004; foi a mulher dele que me deu a letra, estava escrito embaixo ‘para Alzira’. Assim que ela me deu a letra, eu fiz a música.”

A banda que acompanha Alzira no disco é formada pelos músicos Peri Pane (violoncelo e violão), Gustavo Cabelo (guitarra), Marcelo Dworecki (baixo e guitarra) e Cris Scabello (guitarra). Ainda conta com a participação especial de  Lucinha Turnbull (violão aço), Paula Pi (viola de arco e violino) e Joy Espíndola (voz).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Enviar comentário
  1. Documentário sobre Vanguarda Paulista é destaque no In-Edit

    Longa-metragem conta a história do local que nos anos 1980 deu espaço a nomes como Itamar Assumpção e Titãs

  2. Muito mais que um palco

    Um Delírio de Porão traz imagens e textos com história do Teatro Lira Paulistana

  3. “O Itamar abriu meu horizonte!”

    Jornalista de Hamburgo (ALE), Rainer Skibb mantém desde 1988 programa de rádio dedicado à música brasileira

  4. O lado cancionista de Paulo Leminski

    Livro Toda Poesia lança holofotes sobre a música do poeta curitibano

  5. Rua Teodoro Sampaio, 1091

    Dirigido por um de seus fundadores, Riba de Castro, documentário conta a história do teatro Lira Paulistana

  6. Ao sabor do novo

    Lenine, Itamar e Paulinho da Viola convivem ao lado de Criolo e Vitor Pirralho em novo disco de Ney Matogrosso

  7. Samba, vanguarda e estrelas

    Documentário sobre Arnaldo Baptista está na lista de Wandi Doratiotto

  8. De olho no funk e no axé

    Em seu segundo disco, Filarmônica de Pasárgada reinventa a canção a partir de ritmos populares

  9. “Sinto minha história parecida com a do Cem Anos de Solidão”

    Clássico do colombiano Gabriel Gárcia Márquez é uma das sugestões de Jerry Espíndola

  10. “A música brasileira rivaliza com os maiores poetas”

    Em entrevista à Série +70, Jorge Mautner fala de militância, literatura e música

    1. Porcas Borboletas

      Banda universitária surgida em Uberlândia reverencia a música popular brasileira de laboratório, de Hermeto Pascoal a Caetano Veloso, Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção

      1. Gero Camilo: “Aguardei a coragem para assumir meu lado musical”

        Ator fala de suas influências musicais, como a Tropicália e o Pessoal do Ceará, e apresenta seu CD Canções de Invento

      2. Os malditos também sambam

        Abre-alas que Macalé, Itamar, Walter Franco, Mautner, Sérgio Sampaio e Tom Zé querem passar

      3. Bocato: “Tenho um jeito meio esquisito de tocar!”

        Trombonista relembra o início da carreira, quando tocou com Elis Regina e Arrigo Barnabé, e comenta o álbum Hidrogênio

      4. Luiz Tatit: “O rap lembra o Rumo em seu estágio mais cru!”

        Professor e compositor comenta a trajetória e as heranças do conjunto que dissecou o canto falado

      5. Jards 70

        Todas as faces do transgressor Jards Macalé, do rock e da tropicália ao samba de breque

      6. Mês do Cachorro Louco

        Playlist reúne homenagens da música brasileira ao melhor amigo do homem

      7. Maysa, Pato Fu e Conversa Ribeira

        Sexto programa de Zuza Homem de Mello traz vanguarda paulista e Milton Nascimento revistos por novos nomes da MPB

      8. Sons que fizeram o som do Inocentes

        Clemente lista músicas fundamentais para se entender uma das bandas símbolo do punk brasileiro

      9. O berimbau, a percussão e a voz de Naná Vasconcelos

        Playlist contempla trabalhos de autoria de Naná Vasconcelos e suas contribuições nos trabalhos de amigos